Luar em Odessa

wpid-2015-07-10-10.31.55-2.jpg.jpeg

 

  • Autor: Janet Skeslien Charles
  • Ano: 2011
  • N° de páginas: 405
  • Edição: 1°
  • Tradução: Fabiana Colassanti
  • Editora: Record

Começando essa resenha com: ESTOU COM 3 SEMANAS DE FÉRIAS E ESTOU DE VOLTA! Então, a segunda fase do vestibular foi domingo e segunda-feira passados, dia 05 e 06. Nem falei né, poisé, passei na primeira fase e espero ter passado na segunda! Voltei a ler com frequência e terminei o livro rapidinho. Bem, pela foto da para ver que o livro é bem velho, ganhei ele me 2011, quando eu estava iniciando minha coleção de livros.

Foi uma releitura, a segunda na minha vida, juro! Emprestei a minha melhor amiga e resolvi le-lo, já que queria ler um livro sem me desvencilhar dos estudos. E como ainda lembrava uma boa parte da história, foi ele mesmo.

O livro narra a história de Daria, uma ucraniana, que vive na Ucrânia pós-Perestroika, após a Guerra Fria. Como seu país passa uma grande necessidade após regime, o salário mínimo é de 30 dólares mais ou menos (a autora converteu). Formada em Engenharia Mecânica, ela consegue um emprego na filial da ARGONAUT, uma empresa americana. E apesar dos assédios do seu chefe, David, consegue um emprego em que ganha 300 dólares por mês. Em casa, ela vive com sua avó, Boba, que sempre lhe falou sobre uma Maldição: as mulheres da família nunca ficam com um marido muito tempo, por que eles fogem.

E em toda essa atmosfera de emprego bem remunerado porém com um chefe atrevido e a Maldição pairando, Daria arranja outro emprego como interprete em uma agência de namoro chamada Uniões Soviéticas, como tradutora. E se vê coagida a se relacionar via cartas e e-mails, com um americano chamado Tristan, que parece ser a sua saída de um mundo devastado pela pobreza e pela máfia, para um GreenCard nos Estados Unidos. Isso é, se ela conseguir sair dos braços de Vlad, um chefe de uma gangue de mafiosos.

Se teve uma coisa que eu gostei no livro foi que ele tem de tudo, humor, drama, cultura. Esse é o livro que você, literalmente, viaja pro local, pois a Daria, no trabalho como interprete, faz tour pela capital, Kiev. Pelo Skoob não vi muitas pessoas que leram o livro e fiquei triste, é um livro muito bom, apesar de que quando eu o terminei, eu o joguei bem longe de mim. É um livro estilo conto, ele termina de repente e você tira suas conclusões de como vai ser o final de Daria.

Essa edição que comprei teve alguns erros de edição e tradução, mas nunca vi outra edição além dessa, desde que o comprei em 2011, não o vi mais em nenhuma prateleira de livraria.

Bem, então era isso. Beijos!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s